Palestra sobre mês cabalista regido por Câncer esclarece tendências energéticas do período

Por Flávio Amaral
assessoria@aglaedh.com

A necessidade de adaptação a um novo ciclo foi a tônica da palestra sobre Cabalá ministrada na Aglae nesta terça-feira (16/06). Em “O Ensinamento de Tamuz: O Signo de Câncer de Acordo com a Cabalá”, o cabalista Pablo Zahav apresentou formas de o caminhante se situar nas principais energias de Tamuz, quarto mês do Luach, calendário judaico.

Foi a quarta palestra de uma série de encontros nos quais o professor da Aglae detalha questões que serão trazidas à tona em cada lunação, com base na astrologia cabalista. Segundo a tradição, cada mês começa na lua Nova.  Tamuz tem seu início nesta quarta-feira, dia 17/06.

- Se há um ponto fundamental que diferencia a astrologia cabalista da astrologia convencional, é que, além de apresentar as energias do signo, apresento formas de conexão com a energia daquele período - conta o palestrante, que identifica no público desses encontros uma maioria formada por nativos do signo abordado na respectiva palestra.

Como qualquer tradição espiritualista, a Cabalá suscita aos ouvintes perguntas e curiosidades de diferentes aspectos (saúde, trabalho, vida espiritual, entre outros), como confirma o próprio Pablo. Durante a palestra, surgiram dúvidas principalmente quanto à visão da cabalista sobre a reencarnação e os efeitos das energias do mês Tamuz sobre os indivíduos, como em relação a aspectos comportamentais.

- É importante para podemos nos conectar às energias de forma correta. Estamos sempre em busca dessa conexão com a espiritualidade, com o divino, e quando sabemos qual é a energia que está regendo o momento, essa conexão é facilitada. Esse tipo de palestra, falando sobre o signo cabalista que rege o período, ajuda muito nesse sentido - destaca a canceriana Daniele Pereira.

Mas os beneficiados pela palestra não só nativos do signo regente do mês cabalista que se inicia. Pablo afirma que qualquer pessoa pode usufruir da energia de cada mês, desde que esteja devidamente conectada com as tendências do período. Daí a importância dos conhecimentos sobre astrologia que são trazidos ao público durante os encontros.

- Participando das palestras, as pessoas têm a oportunidade de entender a energia da lunação que está começando e, com isso, se direcionarem melhor com relação a suas atitudes, projetos, intenções de todo tipo. Elas terão uma clareza de visão sobre as energias que estarão atuando durante essa lunação, e isso é um ponto norteador para que façam melhores escolhas – finaliza Valéria do Nascimento, diretora da Aglae.

Vale conferir!

A palestra sobre as energias de Tamuz foi a 19ª de uma série iniciada em 2013. Informe-se na Aglae sobre os próximos encontros sob a ótica da Cabalá.

Vai rolar na Aglae...

Na próxima quarta-feira (24/06), a Aglae receberá o workshop “Sua voz é o que você escuta?”, sobre fonoaudiologia, com foco na relação entre a alteração da voz e a perda da audição. Clique aqui para obter mais informações e se inscrever!

Contato

Aglae Desenvolvimento Humano
Rua José Higino, 249 casa 2A - Tijuca
Rio de Janeiro

(21) 3826-1914

© 2014 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!